segunda-feira, 27 de setembro de 2010

generosas flores

Dadivosas são as flores que estão sempre abertas para alegria de todos os seres viventes que quiserem admirá-las.

Mesmo sem receber nada em troca, elas se dão. E não importa quem é o admirador, seja rico ou pobre, Humano ou animal, palácio ou palhoça, velório ou festa! Independe de onde estão, elas sempre enfeitam.

E viva a primavera!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Ipês

saudações primaveris



Para saudar a primavera, os Ipês da UFMG, continuam floridos, sua beleza intensa é realçada pelo pórtico da praça de serviços da Universidade Federal de Minas Gerais, diga-se de passagem é onde estudo!

Salve a primavera!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

sino testemunha



Sino pertencente a igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos,que teve início de sua construcão em 1722 e término provável em 1778, é testemunha da rica história da região de Pedro Leopoldo e dos que por ali passaram. O detalhe é que ele foi posicionado de uma forma que uma moldura é para o sino e outra para a paisagem.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Sumidouro, continuação

No parque Estadual do Sumidouro, em Minas Gerais localizado no cerrado, tem tanbém o chamado Campo Seco que tem vegetação aparentemente morta dentre elas o Angico que tem a característica de perder as folhas para preservar a vida durante o inverno e estiagem prolongada.

gruta da Lapinha

Atualmente fechada para readequação da iluminação, a gruta da Lapinha, situada em Minas Gerais estará reaberta em breve para alegria dos turistas do mundo todo!





gruta da lapinha



Essa é uma pequena mostra da gruta da Lapinha em Minas Gerais.


Na atualidade fechada para o público.


Sua iluminação está sendo readequada para em breve receber visitantes do mundo todo.

altar da igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos


altar restaurado e com a triste ausência da imagem que foi levada por saqueadores de peça sacra.

sumidouro


Amigos, desta vez quero compartilhar com vocês a visita que fizemos ao parque estadual do Sumidouro no município de Pedro Leopoldo, MG, Brasil.
Nessa Localidade, cheia de grutas tem um vasto campo para a pesquisa arqueológica, prova disso é o resultado do trabalho da missão franco brasileira que encontrou nas proximidades dessa região o crânio de Luzia.
Nessa incurssão estavam os graduandos da Formação Intercultural de Educadores Indígenas da Universidade Federal de Minas Gerais, guiados por professores dessa instituição e profissionais do parque.
Foi um dia muito proveitoso em que apreendemos saberes e experiências com esses valiosos profissionais!
Fica então as imagens captadas por nossas máquinas fotográficas.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010